Please use this identifier to cite or link to this item: http://rigeo.cprm.gov.br/jspui/handle/doc/226
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFRANZEN, Melissa
dc.date.accessioned2013-12-10T19:01:56Z
dc.date.available2013-12-10T19:01:56Z
dc.date.issued2001
dc.identifier.citationFRANZEN, Melissa. Análise da contaminação por nutrientes, elementos maiores e elementos-traço nas águas e sedimentos do Arroio Sapucaia, RS. Porto Alegre, 2001. Dissertação (Mestrado em Geociências)-Instituto de Geociências, Universidade Federal de Porto Alegre, Porto Alegre, 2001.
dc.identifier.urihttp://rigeo.cprm.gov.br/jspui/handle/doc/226
dc.description^aDissertação^bMestrado em Geociências
dc.description.abstractA bacia hidrográfica do Arroio Sapucaia está situada na região metropolitana de Porto Alegre (RS), tendo suas nascentes inseridas em área rural. Já os seus cursos médio e inferior percorrem áreas urbanas caracterizadas por atividades antrópicas diversas. Assim, pode-se supor que este arroio apresente problemas específicos de contaminação. Com o propósito de verificar esta possibilidade, foi realizada uma avaliação geoquímico-ambiental das suas águas bem como dos sedimentos de fundo, com base na análise de nutrientes, elementos maiores e elementos-traço. Para o estudo do comportamento geoquímico das águas do arroio Sapucaia utilizou-se os modelos de Balanço de Massa, através dos cálculos de fluxos naturais e antrópicos dos elementos identificados. A análise dos sedimentos de fundo foi efetuada através do uso dos índices de contaminação, o que permitiu a identificação das fontes e distribuição dos eventuais poluentes.Os resultados das concentrações dos nutrientes, elementos maiores e elementos-traço nas águas foram comparados com os padrões de qualidade das águas, previstos pela legislação vigente. Em relação aos nutrientes, as águas do arroio Sapucaia enquadram-se na Classe 3, que identifica uma contaminação por efluentes domésticos. Para os elementos maiores, as concentrações estão acima dos valores médios para a Classe 2, enquanto para os elementos-traço os valores apresentam-se sistematicamente inferiores aos estabelecidos pelos limites de classe do CONAMA 20/86. Por sua vez, os sedimentos de fundo também mostraram contaminação que os permite enquadrar como moderadamente poluídos. Conclui-se assim, que os métodos empregados neste estudo mostraram-se adequados para o alcance dos objetivos pretendidos. Foram obtidos dados que podem ser utilizados para subsidiar o aprimoramento da gestão ambiental da bacia hidrográfica do Arroio Sapucaia
dc.language1
dc.subjectGEOQUÍMICA
dc.subjectCONTAMINAÇÃO
dc.subjectELEMENTOS-TRAÇO
dc.subjectBRASIL
dc.subjectRIO GRANDE DO SUL
dc.titleAnálise da contaminação por nutrientes, elementos maiores e elementos-traço nas águas e sedimentos do Arroio Sapucaia, RS
dc.localPorto Alegre
Appears in Collections:Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
diss_mfranzen.pdfproducao cientifica1,22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.