Please use this identifier to cite or link to this item: http://rigeo.cprm.gov.br/jspui/handle/doc/305
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorOLIVEIRA, Elvis Martins de
dc.date.accessioned2013-12-10T19:02:05Z
dc.date.available2013-12-10T19:02:05Z
dc.date.issued2006
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Elvis Martins de. Impacto ambiental na exploração de pedreiras: contribuição para uma prática sustentável. , 2006. Dissertação (Mestrado em Geologia para o Ensino)-Faculdade de Ciências, Universidade do Porto, Porto, 2006.
dc.identifier.urihttp://rigeo.cprm.gov.br/jspui/handle/doc/305
dc.description^aDissertação ^bMestrado em Geologia para o Ensino
dc.description.abstractO presente trabalho procurou indicar métodos e práticas desenvolvidas para apoio e aprimoramento profissional dos técnicos que tratam da temática do impacto ambiental de pedreiras de granito industrial. Sua investigação expõe várias ferramentas e procedimentos de referência já conhecidos e bem usuais das empresas de extracção mais organizadas. Estes recursos servem ao auxílio dos encarregados de assuntos ambientais na sua ampla eenvolvente ramificação de conteúdos. O estudo mostrou como os novos conceitos estratégicos mineiros alteraram o rumo da produção ao encontro da produtividade ambiental. Estas mudanças de conceitos forçaram a verdadeiras rupturas de velhos paradigmas frente ao posicionamento tradicional e ultrapassado das velhas práticas na ideia errada de extrair ilimitadamente os recursos minerais, sendo hoje assumidamente reconhecida como insustentável para as futuras gerações. Seu conteúdo poderá contribuir para o preparo e formação contínua da força de trabalho da mineração, associado a uma base criadora de mais-valia, no surgimento de sua responsabilidade sócio-ambiental. O granito foi estudado sob uma óptica geradora de recursos como um bem mineral que suporta claramente estas mudanças devido ao seu vigoroso e exponencial mercado mundial. O elemento de trabalho para intervenção positiva foi a própria alteração do modo de agir no sector produtivo através da disseminação de boas práticas ambientais.Esta nova concepção surge de modo bem distinto ao que antes sucedia. Agora, pelo contrário, a prática não é determinada ou imposta, sob o crivo impositivo da tutela administrativa do Estado,passando a ser vista como uma meta a ser atingida, dentro dos objectivos maiores da gestão total da empresa. Estes objectivos assumem uma natureza de adopção voluntária e muito mais lucrativa na concepção do desenvolvimento sustentável, no alcance da eco-eficiência e na procura do eco-negócio. A acção de formação foi concebida para influir como um elemento vital à conscientização ambiental e promover a reversão de processos tidos como crónicos ou críticos, a exemplo daqueles que geram impactos e modificações ambientais adversas na obstrução dos caminhos da pretendida sustentabilidade mineira.São especificadas e estudadas as normas orientadoras que se tornam cada vez mais correntes. A acção de formação indica várias formas de sintetizar e apoiar um diagnóstico integrado, interdisciplinar e abrangente das matrizes de análise ambiental. Acreditar nesta nova concepção de trabalho é apostar que a ética dos técnicos resulte como um benefício profissional ao ser reconhecido como um atributo de valor da assumida responsabilidade sócio-ambiental da mineração de granito industrial e dos seus efeitos
dc.language1
dc.subjectIMPACTO AMBIENTAL
dc.subjectEXTRAÇÃO MINERAL
dc.subjectGEOLOGIA ECONÔMICA
dc.titleImpacto ambiental na exploração de pedreiras
Appears in Collections:Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
diss_elvis.pdfproducao cientifica3,11 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.