Please use this identifier to cite or link to this item: http://rigeo.cprm.gov.br/jspui/handle/doc/596
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorARAÚJO, Paulo Pontes
dc.contributor.authorOLIVEIRA, Francisco de Assis
dc.contributor.authorCAVALCANTE, Itabaraci Nazareno
dc.contributor.authorQUEIROZ, Joaquim Carlos Barbosa
dc.contributor.authorCARNEIRO, Bruno Santana
dc.contributor.authorTANCREDI, Antonio Carlos Felice Nicola Savério
dc.date.accessioned2013-12-19T16:32:45Z
dc.date.available2013-12-19T16:32:45Z
dc.date.issued2011
dc.identifier.citationARAÚJO, Paulo Pontes; OLIVEIRA, Francisco de Assis; CAVALCANTE, Itabaraci Nazareno; QUEIROZ, Joaquim Carlos Barbosa; CARNEIRO, Bruno Santana; TANCREDI, Antonio Carlos Felice Nicola Savério. Classificação hidroquímica e contaminação por nitrato no aquífero livre Barreiras na bacia do rio Capitão Pocinho região do médio rio Guamá na Amazônia oriental . Ambiente - Água, Taubaté, v.6, n.2, p.266-281, Taubaté.
dc.identifier.issn1980-993X
dc.identifier.urihttp://rigeo.cprm.gov.br/jspui/handle/doc/596
dc.description.abstractA microbacia do rio Capitão Pocinho, localizada no nordeste do Pará, no médio rio Guamá, é uma região importante como produtora de citros, especialmente Citrus Sinenses L com uso de herbicidas e fertilizantes, no manejo. Analisou-se a dinâmica do nitrato (NO- 3) e a classificação de íons predominantes. Foram construídos 16 poços de monitoramento, no plantio de laranja e parte da vila de Capitão Pocinho. A coleta de água foi realizada no período chuvoso e seco de 2009. Não obstante os teores de nitrato detectados estarem abaixo do Valor Máximo Permitido (VMP) de 10 mg L-1, em todos os poços analisados, ocorrem evidências do processo de nitrificação em 60% dos poços. Em 30% da área pesquisada, os teores de nitrato são superiores a 2 mg L-1. Os íons Na+, K+, Ca2+, Mg2+, HCO3- e NO-3 apresentaram uma relação significativa (p<0.05), enquanto que para a análise multivariada dos demais íons a relação estatística não foi significante, para os intervalos de confiança de 95% e para a média populacional de cada variável. As águas subterrâneas rasas do aquífero|livre Barreiras foram classificadas como bicarbonatadas cálcicas e mistas
dc.language
dc.subjectLENÇOL FREÁTICO
dc.subjectQUALIDADE DA ÁGUA
dc.subjectCITRICULTURA
dc.subjectMICROBACIA HIDROGRÁFICA
dc.subjectBRASIL
dc.subjectPARÁ
dc.titleClassificação hidroquímica e contaminação por nitrato no aquífero livre Barreiras na bacia do rio Capitão Pocinho região do médio rio Guamá na Amazônia oriental
dc.localTaubaté
Appears in Collections:Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Art_Araujo.pdfproducao cientifica830,24 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.